Are you the publisher? Claim or contact us about this channel


Embed this content in your HTML

Search

Report adult content:

click to rate:

Account: (login)

More Channels


Showcase


Channel Catalog


Channel Description:

Telefones: 99901.0414 / 98123.5945E-mail: oab.rs.advogadoprates@gmail.comBarão do Ladário 1836 - Santiago -RS

older | 1 | .... | 142 | 143 | (Page 144) | 145 | 146 | .... | 247 | newer

    0 0

    Visualizações de página por país

    Gráfico dos países mais populares entre os visualizadores do blog
    Entrada Visualizações de página
    Estados Unidos
    5014
    Brasil
    4702
    Alemanha
    206
    Portugal
    67
    Coreia do Sul
    64
    Ucrânia
    30
    Rússia
    25
    Uruguai
    16
    França
    5

    Visualizações de página por navegador

    Entrada Visualizações de página
    Chrome
    8913
    Firefox
    735
    Safari
    299
    Internet Explorer
    134
    Mobile Safari
    86
    CriOS
    44
    UCBrowser
    13
    SamsungBrowser
    12
    GSA
    11
    Mobile
    7
    Imagem que mostra os navegadores mais populares

    Visualizações de página por sistema operacional

    Entrada Visualizações de página
    Linux
    5115
    Windows
    3703
    Android
    989
    iPad
    175
    iPhone
    144
    Macintosh
    86
    Unix
    44
    Compatible
      6
    Imagem que mostra as plataformas mais populares

    0 0



    Uma das mais monumentais obras de Albert Camus, certamente o mais profundo existencialista francês, (diria até mais que Paul Sartre), O Estrangeiro, enceta uma reflexão do deslocamento do nosso eu, da perda de uma identidade, do não encontro dessa identidade de si para consigo mesmo. 

    A partir de Camus, surgiram várias outras interpretações do Estrangeiro, seus dramas noutras terras e do ser em busca de raízes. É claro que Camus ficou mais conhecido, mundialmente, pela reflexão filosófica sobre o suicídio, o qual ele considera a única questão realmente séria em filosofia, questionando que decidir se viver vale a pena ou não,  é a questão fundamental de filosofia. 

    O debate camusiano sobre o suicídio, contudo, na minha visão, sempre foi superado pela questão do drama do estrangeiro, embora - sob certo aspecto - ambas as questões estejam, dialeticamente, inter-relacionadas.

    Até hoje, quando reflito sobre Camus, penso que ele sempre falava de si mesmo, desde o estrangeiro, ele, um argelino, na França, ele, um suicida, que provocou sua morte, prematuramente. É claro, reconheço o debate subjacente e acalorado, na alta intelectualidade francesa, se sua morte foi acidental ou não. O certo, é que até em sua morte ele deixou dúvidas. 

    A reflexão camusiana vale para todos nós. A rigor, somos todos estrangeiros dentro de nós mesmos, com nossos destinos, com os rumos de nossas vidas, com nossas identidades perdidas, com nossas transformações, com nossas lembranças, com nossas perdas, enfim, com tudo que é deixado para trás e que - de alguma forma - marca-nos, em nossa intimidade, no mais profundo âmago do nosso ser. Não sem razão, os elefantes voltam ao lugar onde nasceram quando pressentem a chegada da hora da morte.

    Ontem, na tarde de ontem, vivi um desses momentos raros de um profundo drama existencial. Ali, senti-me o verdadeiro estrangeiro. Estava no Posto fazendo uma troca de óleo no carro, espero, espero, espero. 

    O tempo parecia não passar. Terminada a troca, pago, pego o carro e dirijo-me em direção a casa onde eu morei os últimos anos, com minha família. De repente, após andar e andar, paro, penso, reflito, recobro a consciência, acordo, sei lá o que me aconteceu. Até agora não entendo como essa falha de memória foi tão aguda.

    Se eu, com toda minha vivência, passo por isso, pus-me na condição de minha filhinha, que foi arrancada do único lugar que viveu desde que nasceu, e aí sou assolado pelas lembranças e recordações. Lembrei-me, então, quando eu passei a viver com ela no Hotel, na madrugada, acordava, e pedia-me para passar em frente a casa azul, que era a cor da nossa ex-casa. Sempre tentei dissuadi-la, pois bem entendia que aquilo era a gênese de uma depressão infantil.


    Para mim, passar em frente a casa onde vivíamos, foi horrível. O pinheiro que plantamos está enorme, crescido. Com ele, vieram todas as reflexões de cada passo na construção de uma vida e de uma identidade. Instala o ar, coloca um box de vidro, coloca grade, coloca-se um portão gigante, controem-se móveis sob medidas, monta-se uma biblioteca, enfim, tudo que fazemos em nossas casas, nos lugares onde moramos, tem um sempre um significado significante, desde a casinha do cachorro, passando por uma pintura, pelos móveis e sua disposição, pela porta e pelo portão, pelo convívio social e as amizades, pelos ritos do ato de cozinhar. E de repente, do nada, somos arrancados de tudo, perdemos tudo. É certo que esse debate é banalizado, pois dizem que ainda preservou-se a Vida, mas a vida só é vida com suas extensões, a começar pela família, pelas pessoas que nos cercam, pelos amigos, pelas coisas materiais que nos cercam, dos pratos e talheres, ao fogão e a geladeira, passando por tudo que se cercava. 

    Somos um todo, o passado é parte integrante do nosso ser, ninguém existe sem passado. 

    Ocorreu-me, certo dia, uma lembrança muito recente envolvendo minha filhinha e um garfo que era de nossa casa. Um apenas, que ficou comigo. Estávamos numa outra casa e fomos comer uma lasanha. Por julgar esse garfo mais resistente que os demais, coloco esse para Nina. Ao sentar-se, na disposição de alimentar-se, fixa o olhar no garfo e me pergunta porque é que eu não quis pegar para mim o "garfo que era da nossa casinha". Ali, com aquele gesto, com as lágrimas que estragaram nosso almoço, pude perceber bem claramente a extensão do dano em sua cabecinha, embora seja apenas comigo que ela deixa aflorar, dá vazão, a esse lado altamente complexo do assassinato prematuro de sua identidade. Não sem razão, o local preferido dela em Santiago, continua sendo o Ginasião Rubem Lang. Noto, de certa forma, que ela encontra ali uma realimentação espiritual, a saciedade de suas angústias e desopila um pouco a marca das recordações. 

    Até hoje não tenho claro a extensão do dano que causamos nela, mas tenho bem claro que os reflexos vão emergir, mais dias, menos dias. 

    Vulgarmente, chamamos, no chulo do sul, de "teatino", (aceita-se também a expressão tiatino) essas pessoas que perambulam pelos lugares, sem uma raiz, sem uma identidade, sem uma família, sem um lugar fixo para morar. 

    O que poucos conseguem entender, é que o teatino, é uma sina de um destino cruel, de pessoas fadadas a viverem de canto em canto, em desencanto, buscando nos outros, de paragem em paragem, a construção de uma identidade, nem que seja por fragmentos de momentos. Afinal, os teatinos sabem que o alimento da alma, derivado da identidade social, não mais lhes assiste.

    O pragmatismo social, eivado de fórmulas mágicas, tende a simplificar tudo nos conselhos simplistas: monta outra casa, monta teu apartamento e segue o baile. Se fosse assim tudo tão simples, que bom seria a vida, sem a emergência de consciência, sem reflexões, sem passado, sem história, sem raízes, sem identidade, sem lembranças, sem recordações, em última instância, sem amor.

    Natal e ano novo, afora serem datas festivas no calendário de nossas vidas, são, contudo, datas que ensejam reflexões, balanços, hora de contabilizarmos o saldo de nossas existências, com nossos erros, acertos, vitórias, derrotas, é hora de traçarmos planos, construirmos metas e edificamos sonhos, para quem ainda sonha. 

    Hoje, eu acordei terrivelmente ruim, meu peito sufocava minha alma, a dor, embora invisível, era real, concreta, sisuda, impiedosa. Mas é meu destino, minha sina, minha condição de estrangeiro, escravo de lembranças, talvez mais apátrida de minha própria existência que os apátridas em si mesmo, na condição real de ausência do solo pátrio. 

    Ando, perambulo, busco, caminho, busco, busco, busco, mas cada vez mais descubro-me um estrangeiro dentro de mim mesmo. 




    0 0
  • 12/12/15--05:26: As últimas
  • Aqui em Santiago, RS,  na fronteira-oeste do Brasil com a Argentina, vivemos um mormaço típico de Estados nortistas. 
    --
    Cresce dentro do PP a ideia da lançarem a vereadora Canterle como vice na chapa majoritária. O raciocínio é simples. A vereadora é um nome intacto, limpo, não prejudicaria em nada, catalizaria simpatias e solidariedade em função da doença e tiraria Cláudio Cardoso do páreo. Embora o líder religioso seja o mais forte de todos os nomes, a turma do staff considera-o muito próximo de Ruderson Mesquita e dos Sagrillos. Isso apavora esse pessoal. Já a vereadora, além de ser muito neutra, é tida com aliada do staff e reza pela cartilha desses. 
    -- 
    Em Unistalda, tudo caminha para uma grande coligação do PMDB com o PDT. Negociações foram abertas com muita diplomacia e elegância. Será uma eleição de altíssimo nível.
    --
    É grande a mobilização em Santiago para a posse de Marco Peixoto, dia 16 próximo, na Presidência do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul. Da mesma forma, em Jaguari. É claro, prefeitos da região, candidatos, presença em massa.
    --

    Breve reflexão 

    Como um simples texto comporta múltiplas interpretações de quem lê no processo interativo do blog. Nesse texto de ontem, só eu sei como houve isso. Nos e-mails que recebi, nas ligações, no contato com as pessoas, cada um lê e interpreta de uma forma distinta. Existem, também, aquelas que leem o que não está escrito. Mas tiram suas próprias conclusões.

    0 0
  • 12/12/15--09:50: Sugestão aos leitores

  • Eu sugiro aos meus leitores e amigos que adicionem esse link abaixo entre seus favoritos.
    http://www.eusou.com/jornalista/

    Com ele, se tem acesso ao maior menu de jornais e demais meios de comunicações de todo o mundo, especialmente os mais destacados e reconhecidos em seus países. Eu uso esse site como fonte diária de informações internacionais. É precioso e raro.

    0 0
  • 12/12/15--14:10: HACKEADO
  • Confesso de antemão que não sei exatamente o que está acontecendo com meu facebook, não sei se é possível hakeá-lo, se alguém tem minhas senhas (estou com exatamente com a senha do yahoo alterada (e adulterada) (e não consigo receber uma nova), mas - ontem à noite -  um amigo me questionou sobre as razões de eu tê-lo ofendido no face. Em princípio, dei risadas, imaginei tratar-se de uma brincadeira dele. Só que ele insistiu, insistiu e eu pedi para ver. Fomos até sua casa (eu e ele estávamos no Rede Vivo) e ele realmente abriu-me seu face e mostrou-me o conteúdo. O face é o meu. Agora, como isso está acontecendo? 

    O certo é que vou tomar providências. E peço cuidados. 

    0 0
  • 12/13/15--13:26: Domingo de chuva
  • Hoje, 6.30 da manhã saltei da cama. Era meu dia de pegar minha filhinha ... até que tudo se resolva. Em Santiago, chovia pouco, muito pouco ... breve e leve chuvisco. Contudo, em direção a Unistalda um senhor temporal, bota temporal. Em Unistalda, só pensava naquele trecho de "estrada" de chão, em Maçambará. Os riscos, o perigo iminente, estradas esburacadas, um trajeto lastimável. Parei no Posto e pensei, pensei, pensei. Conclui que era mais prudente não pegar a Nina ... Não correr riscos. Essas estradas são para caminhões e tratores, estão abandonadas, um caos. Pobres moradores, o que devem para pagar um preço assim tão alto pela não conversação das estradas, ao menos, trafegáveis dentro do bom senso e um nível aceitável da razoabilidade.

    A tarde, contrariando todas as expectativas e conclusões, a chuva passou, esfriou muito e saiu até um solzinho acanhado. 

    Agora, não sei ao certo, se errei ao não buscá-la ou se acertei. Nunca saberei. Apenas os reflexos da falta e a saudade.



     

    0 0

     

    Uma tecnologia inovadora, desenvolvida em Israel, em breve poderá prever a propagação do câncer de um órgão para outro, potencialmente salvando vidas de milhões de pessoas em todo o mundo. Desenvolvido no Instituto de Tecnologia Technion, o sistema foi comprovado nos ensaios laboratoriais preliminares e está prosseguindo para estudos avançados utilizando células de pacientes submetidos à cirurgias.
     
    “A maioria das mortes relacionadas ao câncer são provocadas por metástase em vez de pelo tumor original, e, portanto, amplos recursos são investidos em métodos de desenvolvimento de detecção precoce de metástases”, afirmou a especialista Daphne Weihs. Na tentativa de salvar mais vidas, a equipe liderada por ela está trabalhando na identificação de tumores secundários logo no início. “Durante, ou imediatamente após uma biópsia ou cirurgia em um tumor maligno, nosso sistema possibilitará que a equipe médica avalie de forma quantitativa a propensão da presença ou desenvolvimento de metástases de tumor em outros órgãos, e proponha quais órgãos estão envolvidos. Este conhecimento possibilitará ações em um estágio bem precoce para identificar e frear essas metástases e, além disso, evitar que o tumor original gere mais metástases. Um passo vital rumo a um tratamento mais eficaz”.

    Como a equipe conseguirá prever com sucesso a localização do câncer secundário? Após uma série de estudos, Weihs desenvolveu um processo novo de imagiologia biomecânica tridimensional, usando cápsulas de gel exclusivas que simulam a textura de células saudáveis. “Com esse sistema, nós permitimos que as células em teste “carreguem” as cápsulas de gel designadas que simulam o enrijecimento do tecido saudável. Monitorar a alteração de formato das células, a disposição interna dentro delas, e as forças que elas exercem no gel, permite que revelemos as diferenças entre as células metastáticas e as células benignas, e que identifiquemos os processos de adaptação das células para alterar ambientes no corpo. Este é um passo vital rumo à previsão e identificação de metástases nos estágios iniciais, o que permite o tratamento mais eficaz”. Ela enfatiza que a sua predição é “baseada na identificação da biomecânica das células tumorais originais e não requer que conheçamos a constituição genética específica do tumor”. Os ensaios clínicos estão sendo realizados em colaboração com o Rambam Health Care Campus em Haifa, Israel.

    Fonte - ALEF News.

    0 0

    É incrível a disparada dos preços em Santiago, tudo, sem controle. Os reajustes praticados são simplesmente abusivos. 

    Vou dar alguns exemplos bem práticos, do nosso dia-a-dia de nossas vidas. 

    O último tubinho de desodorante rexona que eu comprei no Rede Vivo custou R$ 6.90. Agora, na semana passada, menos de 20 dias após essa compra, estive lá e fui comprar o mesmo tubinho. O preço: R$ 11.90. 

    Os reajustes que atingiram pastéis, xis-burgueres, lanches em geral, foram reajustados todos na faixa dos 30% a 40%, um descalabro, que pesa na economia doméstica, diminui o poder aquisitivo das pessoas, cria a falsa ilusão de manutenção do mesmo lucro, pois se um lado existe a satisfação do comerciante que está repassando os custos para o consumidor, de outro, a verdade massante e cruel é que as pessoas param de consumir, diminuem o ritmo das compras e o suposto lucro gerado pelo aumento dos preços não aparece na medida em que o consumo é afetado. 

    Eu comprava um pastel a R$ 2.50. Foi reajustado para R$ 3.50. O prato de risoto, que eu pagava R$ 4.00 foi reajustado para R$ 5.00. Não é nada, não é nada, mas o reajuste foi de 25% só no risoto nosso de todos os domingos. É evidente que isso têm reflexos em todos os setores. É evidente que a culpa pelo reajuste dos combustíveis é do governo e isso teve reflexos em toda a economia caseira e doméstica. 

    Agora, que essa escalada de reajustes locais está demais, disso ninguém mais tem dúvidas.  

    Como não temos nenhum órgão regulador no livre comércio do liberalismo praticado, quem paga o preço dessa escalada são os consumidores, especialmente os pobres e classe média. 


    0 0
  • 12/15/15--08:36: Pastora Ana Maria
  • A pastora da nossa Igreja, a Digníssima Ana Maria, esposa do Pastor Dr. Marco Kastro, conceituado médico-veterinário, publicou em seu facebook sua foto de quando era mais jovem e foi miss do Rio Grande do Sul. 

    Pessoa finíssima, educada, Ana Maria, filha do Coronel da BM, Maciel Oliveira, e Marcos são um casal que fazem a diferença no meio evangélico local. 

    Ana Maria é líder a Igreja Evangélica Assembléia de Deus, Ministério Caminhando com Jesus. Gosto muito desse casal amigo de Pastores, são uma benção para Santiago, pois são pessoas sérias, honradas, fiéis e de uma bravura incrível. 

    A Igreja fica bem ali ao lado da Quero-Quero Materiais de Construção, na Barão do Ladário. 

    0 0
  • 12/15/15--08:45: Uma bomba sobre Santiago
  • Tudo começou com espanto e perplexidade. Mas um bilhete deixado junto ... abriu uma investigação sem precedentes. A coisa migrou de Santiago e é uma bomba a explodir logo que as investigações forem concluídas. Tem até a turma do abafa. O certo é que há dias recebi as informações com detalhes. Como não faço cobertura da área policial, preferi o silêncio,  vou deixar para os colegas blogueiros que gostam dessa área descobrir esse quebra-cabeças, tão complexo quanto abafado. 

    Bem, a pessoa que me passou as informações, sequer está em Santiago. Sinal evidente que a coisa vazou e corre longe.  

    Aparências enganam, nem tudo que é, é como é apresentado. Toda a moeda tem dois lados.  

    -----

    Devido a diversas ligações que recebi, decidi alterar esse texto originário. 

    0 0



    Os partidos políticos locais e da região ainda não se antenaram para algo muito sério envolvendo a publicidade e a propaganda eleitoral. Com a redução do prazo de campanha pela metade, eu quero ver a corrida as gráficas em 45 dias. É certo que as gráficas locais não vencerão a arrancada da campanha, para impressão dos materiais, pois todos dependem do CNPJ na propaganda.
    Essa redução dos prazos não levou em questão esse fato. Com o prazo mais elástico, como eram as regras das eleições passadas, ainda assim tinham candidatos que esperavam pela publicidade até um mês. Agora, o caos instalado. 

    A campanha mais curta, representa menos dinheiro circulando na economia, prejuízos mortal para gráficas e editoras e diminuto tempo de campanha, vai gerar, queiram ou não, a propaganda eleitoral antecipada, nem que seja na forma de contatos pessoais, presença em cultos, shows, feiras, rodeios ... E também muito trabalho para Justiça eleitoral.

    Ontem, eu conversava, em Santa Maria, com uma pessoa ligada a uma grande gráfica, e ela me dizia que o PT antecipou-se a todos, pediu orçamento e fechou um contrato exclusivo para os 5 primeiros dias de campanha.
    Quem acha que pode sair dessa antecipando-se, em gráficas de outras cidades, não está levando em conta que a corrida também atinge as gráficas maiores, como Ijuí, Santa Rosa, Santo Ângelo, Santa Maria, Venâncio Aires e Santa Cruz do Sul. Em Porto Alegre e região metropolitana, será um caos. Exceção, é claro, do PT estadual, que têm gráfica própria. 

    Duvido que as 3 gráficas de Santiago, deem conta do resultado com antecipação. A tradição eleitoral é a QUALIGRAF, hoje, GRÁFICA IDÉIA, concentrar a maior parte dos trabalhos, posto que está com duas máquinas impressoras preparadas para iniciar a campanha eleitoral a mil. Não sei o Xavier, até gostaria de saber dele, que é ligado ao Grupo dos Peixotos, como está se preparando para esse embate. Creio que nos próximos dias converso com ele e poderei dar uma melhor orientação.

    Da mesma forma, temos pouquíssimos designeres para confecção da arte. Sendo que a QUALIGRAF é a única que atua com designer próprio.
    É tradição, gostem ou não, de políticos serem donos de gráfica. Embora isso passe desapercebido. É só olhar Santo Ângelo, uma gráfica pertence ao Valdir Andres (PP) e outra do Adroaldo Loureiro (PDT).  O mesmo ocorre em quase todas as cidades, até aqui em Santiago. 

    Temos em Santiago, a ponto cópias, mas não é uma gráfica propriamente dita, é mais  serviço de xerox, embora bem equipada. A vantagem da gráfica, é redução dos curtos perto do custo do xerox.

    De qualquer forma, com uma variância ou outra, o certo é que o caos eleitoral já está criado. Uma alternativa, será imprimir o material antes e depois apenas rodar com o CNPJ ou apenas botar o CNPJ com carimbo (isso é viável para pequena quantidade). Mas em média e grande quantidade, o ideal é fazer a arte, imprimir e antes do corte dar a última rodada apenas com o número do CNPJ do candidato. 

    Outro detalhe interessante vai ser uma corrida atrás de advogados eleitoralistas e nisso poucos colegas se anteciparão a esse filão. Falando em Direito Eleitoral, aos mais desavisados, agora está liberada a opinião por parte dos jornalistas e comentaristas....Uma decisão louvável, pois acaba-se assim com o cinismo de ficarem mascarando o debate.

    0 0

    (texto de Ruy Gessinger)

    Os que não querem Maristela Genro Gessinger na política de Unistalda fazem as seguintes afirmações:

    - mas o que quer uma mulher realizada e de sucesso,  justo aqui em Unistalda?


    - ela quase nunca vem para cá e se for vencedora, virá só de vez em quando.


    - ela não é daqui.


    Vamos  por partes, como diria Jack o Estripador.


    A primeira afirmação detona com a autoestima de Unistalda. Ora, ora: Nós tivemos centenas de propostas para vender  nossa propriedade , por preços convidativos e poderíamos comprar campos em outros lugares mais perto de P. Alegre e nunca quisemos. Porque amamos nosso chão e nosso povo e jamais nos vamos desfazer dos nossos campos. A primeira afirmação encerra, em si mesma, um complexo de vira latas. Então é esse o conceito que alguns  fazem de Unistalda? um lugar pouco interessante?Nós começamos pequenos e hoje a Pecuária Gessinger leva o nome de Unistalda PARA TODO O BRASIL. Tudo pelo ambiente excelente que encontramos aqui.

    A segunda afirmação mostra bem a cultura da desídia e da improbidade que alguns têm.


    Maristela é alta funcionária, CONCURSADA, do   Tribunal de Justiça em P. Alegre. Não pode faltar ao serviço.  Só pode vir em férias, nos feriados e nos fins de semana . Ela não é funcionária fantasma.


    No momento em que  assumir sua função eletiva , passará a morar na estância em Unistalda, onde também tem domicílio, tanto civil, como eleitoral.E dedicará tempo exclusivo para a administração municipal. 


    A terceira afirmação, seguidamente repetida por próceres adversários, é xenófoba. Yeda Crusius é paulista e foi eleita Governadora do RGS. Ser contra quem vêm de fora é de uma burrice atroz.


    Mas Maristela é de   Santiago e  de um tronco familiar tradicional e sem máculas.


    ------

    Faço as palavras do Ruy, minhas palavras. Só que o Ruy é muito modesto. Maristela é um dádiva divina para o povo de Unistalda, não tenho a menor dúvida que fará um governo revolucionário, dará uma nova face a Unistalda, a moça tem cabeça, é bem centrada, inteligente, tem um super-maridão junto, vem de berço bem estruturado, em poucos meses mudará Unistalda para sempre. Ademais, é rica, ganha bem mais que um subsídio de prefeito, o que é garantia de que não roubará, é limpa, não tem máculas. Sua disposição de servir ao seu povo, deve ser saudada, é um exemplo de dever cívico e de cidadania. Eu adoro o Dr. Ribeiro e sou amigo do Ribeiro Jr., mas me parece que Maristela vem com o gás de sua juventude, com um articulação poderosa e a garantia que fará um governo de tudo para brilhar e dar dar brilho. 

    Eu aposto que em 4 anos ela trará um frigorífico para Unistalda, incentivará uma cadeia de fábricas de pequeno e médio porte, enfim, ela industrializará Unistalda, gerará empregos, e trará a prosperidade e a fartura nas mesas. 


    0 0

    Apontado pela crítica especializada como o maior Advogado especialista em Direito Eleitoral no país, o Dr. Décio Itiberê brinda-nos com a mensagem abaixo.


    "Décio Itiberê Oliveira Não existe nada que supere o amor que um pai sente por um(a) filho(a). É algo marilhoso e incomensurável. Toda a felicidade do mundo para o PAI JÚLIO e a FILHA NINA. Vocês merecem terem paz, tranqulidade, para que a NINA possa ser uma pessoa feliz, porque a felicidade dela é a felicidade do seu pai".



    =====

    http://www.decioitibere.com.br/empresa

    0 0

    Como em todos os anos, recebi - hoje - o cartão de BOAS FESTAS de minha prezada amiga Desembargadora aposentada do TJ-RS, a santiaguense Berenice Dias, pelo que agradeço em meu nome, de minha filha e de minha família. 


    Nota do blog - Agradeço o recado da amiga. É bom saber que existem pessoas como a Berenice nesse mundo. Sinto-me menos só e cada mais confiante que minha luta, que recém está iniciando, ganhará sempre a solidariedade e afeição dos meus amigos e amigas. 

    0 0
  • 12/16/15--09:28: HAPPY HOUR JURÍDICO
  • A OAB/RS Santiago/Jaguari e a CEJA Santiago convida os colegas e amigos para o happy hour de encerramento do ano2015!
    Música ao vivo com Cristiano Delevatti;
    Rodada dupla de chopp!
    Hora: 20:00 horas;
    Local: Restaurante Agridoce;
    Data: 18 de dezembro - sexta-feira;
    Por Adesão ;


    0 0

    A matéria já constitucional, o advogado desempenha função essencial à Justiça. Entretanto, quem está com a PEC 454/2009 para transformar sua profissão em carreira de Estado são os médicos, numa invejável mobilização, liderada pelo Conselho Federal de Medicina  e demais Conselhos regionais. 

    A atividade do advogado é essencialmente um mumus público, decorrendo daí a relevante importância da atividade jurídica. 

    Não se trata de discutir se o médico desempenha tal mumus, até acredito que sim, agora, os advogados ficarem fora dessa PEC é um substancial atraso, pois a atividade jurídica é essencialmente pública e a carreira de Advogado devia - necessariamente - ser reconhecida como uma carreira de Estado. 

    0 0

    O conselheiro Marco Peixoto tomou posse, na manhã desta quarta-feira (16), como presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS). Membro da Corte desde dezembro de 2009, ele é engenheiro civil, ex-vereador de Santiago e ex-deputado estadual. Presidiu a Associação de Entidades Oficiais de Controle Público do Mercosul (ASUR) e ocupou o cargo de vice-presidente do TCE-RS durante o ano de 2015.

    Peixoto foi eleito à unanimidade pelo Conselho, em sessão especial de eleição, ocorrida também nesta quarta-feira, para mandato de um ano na Presidência da Casa, renovável por mais um. Em seu discurso de posse, o novo presidente lembrou o histórico de relevantes serviços prestados pela TCE-RS à sociedade gaúcha.  “Temos hoje um Tribunal plural, composto por qualificado corpo técnico e por conselheiros com larga experiência na administração pública, todos irmanados na fiscalização dos recursos públicos, objetivando sua melhor utilização”, disse.

    O conselheiro defendeu um Tribunal cada vez mais efetivo nos resultados do seu trabalho e também mais humano, que atue, para além da aplicação das normas, no sentido da prevenção e da orientação dos gestores. “Pretendo dedicar a próxima gestão à construção de pontes, não as de concreto, mas as mais importantes, aquelas que aproximam setores, instituições e organizações, aquelas que irmanam todos em um fim único, aquelas que desfazem diferenças e congregam mente e espírito em um mesmo objetivo”, declarou.

    Marco Peixoto sucede o conselheiro Cezar Miola, que transmitiu o cargo lembrando o papel dos Tribunais de Contas. Para ele, as Cortes devem assumir posição de protagonismo no processo de afirmação dos valores democráticos e republicanos pelo qual passa o Brasil. “Nossa contribuição só tende a aumentar em um País que aprofunde seus compromissos com a democracia, com a transparência e com a boa governança”, salientou.

    Miola falou sobre os avanços e projetos desenvolvidos pela Corte nos quatro anos em que titulou a Presidência e disse que o TCE-RS se tornou uma referência para qualquer discussão a respeito do gasto público no Estado. “Assumimos diversos compromissos com a Instituição e com a sociedade. Ao cotejá-los, alegra-nos dizer que tivemos a ventura de, em grande parte, vê-los concretizados, junto com outros desafios que se impuseram no curso dos dias”, ressaltou.

    O conselheiro também fez um agradecimento aos servidores da Casa dizendo que “nada do que já foi realizado nos 80 anos do Tribunal teria sido possível sem o esforço e a paixão de todos. Remamos juntos pela boa causa de um controle dinâmico, democrático e efetivo, legítimo direito da sociedade gaúcha”.

    O vice-presidente da Corte será Iradir Pietroski, conselheiro do TCE-RS desde maio de 2010, e o segundo vice-presidente, o conselheiro Adroaldo Loureiro, membro da Corte desde outubro de 2011. Veja a nova composição aqui:http://portal.tce.rs.gov.br/portal/page/portal/noticias_internet/textos_diversos_pente_fino/nova_composicao.pdf

    Compuseram a mesa da cerimônia de posse, os conselheiros Algir Lorenzon, Iradir Pietroski, Adroaldo Loureiro, Estilac Xavier e Pedro Henrique Figueiredo; o governador do Estado, José Ivo Sartori; o presidente da Assemblei Legislativa, deputado Edson Brum; o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador José Aquino Flores de Camargo; o subprocurador de Justiça, Paulo Emílio Barbosa; o defensor público geral do Estado, Nilton Leonel Arneck Maria; o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Augusto Nardes; o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati; o presidente da Câmara de Vereadores da Capital, Mauro Pinheiro; o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil/RS, Marcelo Bortolucci; e o presidente do Instituto Rui Barbosa, conselheiro do TCE de Minas Gerais, Sebastião Helvécio Ramos de Castro, também representando a Associação dos Tribunais de Contas do Brasil.


    ----------
    Marco Peixoto é formado pela PUCRS. Foi vereador em Santiago, onde presidiu a Câmara Municipal, e deputado estadual por cinco mandatos pelo Partido Progressista (PP). Na Assembleia Legislativa, presidiu a Comissão de Saúde, de Habitação, de Rodovias e a Comissão do Mercosul. Foi presidente da União dos Parlamentares do Mercosul (UPM) e da Escola do Legislativo. Colaborador emérito do Exército Brasileiro e cidadão emérito de diversos municípios do Rio Grande do Sul, foi empossado Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul em 2009.

    ASSESSORIA DE IMPRENSA DO TCE


    0 0


    Segundo o site iG, a 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo determinou a operadoras de telefonia móvel o bloqueio do aplicativo WhatsApp pelo período de 48 horas. O prazo passa a contar a partir da 0h seguinte ao recebimento do ofício da Justiça conforme informou o Tribunal de Justiça de São Paulo.

    De acordo o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal, SindiTelebrasil, as prestadoras de serviços de telefonia móvel receberam na tarde desta quarta-feira (16) intimação judicial e cumprirão determinação da Justiça para bloquear o aplicativo WhatsApp, em todo o território nacional, a partir da 0h00 desta quinta-feira (17/12), pelo prazo de 48 horas, de acordo com as possibilidades técnicas e operacionais. O SindiTelebrasil esclareceu que as prestadoras não são autoras e não fazem parte da ação que resultou na ordem judicial.


    A decisão foi proferida em um procedimento criminal, que corre em segredo de justiça. Isso porque o WhatsApp não atendeu a uma determinação judicial de 23 de julho de 2015. Em 7 de agosto de 2015, a empresa foi novamente notificada, sendo fixada multa em caso de não cumprimento. Como, ainda assim, a empresa não atendeu à determinação judicial, o Ministério Público requereu o bloqueio dos serviços pelo prazo de 48 horas, com base na lei do Marco Civil da internet, o que foi deferido pela juíza Sandra Regina Nostre Marques.


    O iGentrou em contato com o WhatsApp nos Estados Unidos, mas não obteve retorno. As operadoras de telefonia se limitaram a dizer que o assunto estava sendo tratado pelo SindiTelebrasil.


    Acertada essa decisão do Juiz de São Paulo, pois o WhatsApp estava em franca desobediência à ordem judicial e e tal serviço não está acima da lei a ponto de afrontar um comando judicial. É claro, existe o lado dos usuários, mas esses estão pegando pela inconseqüência do WhatsApp, sem a menor sombra de dúvida. No Brasil, ninguém está acima de lei e isso os americanos precisam entender de uma vez por todas. 

    É claro, a pressão é muito grande e ainda pode ser que o TJ-SP reveja a decisão, mas de qualquer forma fica lição, ninguém, no Brasil, está acima da lei e as decisões do Poder Judiciário, no Estado democrático e de Direito precisam ser cumpridas, respeitadas e acatada, jamais solenemente desobedecidas como fez o WhatsApp. 

    0 0

    A decisão do TJ-SP, liberando o Whats-App é uma dessas decisões de cunho muito mais político do que legal e constitucional. 

    --

    Imagino no auge do processo eleitoral o que não vai dar de ações contra o face, whats, blogger ... É claro, agora está liberado o direito de opinião, mas isso pode escorregar para o lado da ofensa pessoal e aí o poder judiciário vai ter muito dor de cabeça. Li - outro dia - uma matéria, que o TSE estudo um meio de instrumentalizar todos os juízes eleitorais do país no sentido de acionar, no prazo rápido da Justiça Eleitoral, os responsáveis por essas redes sociais, com escritórios no Brasil.

    --

    O problema será com provedores de outros países que estão disponíveis aos montes nas redes sociais. Imagine um blog da SAPO, de Portugal? Não tem representantes em nosso pais, mas qualquer um pode abrir um blog em tal sistema, e aí? Que dor de cabeça para a Justiça Eleitoral!!!



     



     

    0 0

    Colega JULIO CESAR DE LIMA PRATES.
    Ao fim de mais um ciclo, a OAB Nacional deseja a todos um Natal pleno de harmonia e realizações.
    Nossas conquistas ao longo destes três anos são resultado dos esforços de cada advogado que conduziu seus trabalhos com responsabilidade e brilhantismo, em defesa de seus clientes e de nossa classe.
    A verdadeira felicidade só é encontrada com muita perseverança e dedicação à construção de uma sociedade justa e solidária.
    Esperando que o Espírito Natalino possa renovar as forças para o ano que se anuncia, apresento nossos sinceros agradecimentos a todos os advogados do Brasil.
    Com os melhores cumprimentos,


older | 1 | .... | 142 | 143 | (Page 144) | 145 | 146 | .... | 247 | newer