Are you the publisher? Claim or contact us about this channel


Embed this content in your HTML

Search

Report adult content:

click to rate:

Account: (login)

More Channels


Showcase


Channel Catalog


Channel Description:

Telefones: 99901.0414 / 98123.5945E-mail: oab.rs.advogadoprates@gmail.comBarão do Ladário 1836 - Santiago -RS

older | 1 | .... | 145 | 146 | (Page 147) | 148 | 149 | .... | 247 | newer

    0 0


    O dispositivo israelense “Silent Partner” cria uma zona de silêncio ao redor do roncador. Ele consiste de dois componentes compactos que aderem ao rosto com um adesivo hipoalergênico. O gadget detecta em tempo real a amplitude e a frequência da onda de som perturbadora (ou seja, o ronco), gerando uma onda sonora com fase invertida. As duas ondas se alinham, cancelando o som de ambas. O aparelho deve ser colocado a uma distância de até 20 cm da fonte do ronco. O “Silent Partner” contém uma bateria recarregável, que dura toda a noite. O produto não é uma solução para a apneia; atua apenas contra o ruído do ronco. Leia mais: acesse.

    Fonte - Alef-news

    0 0
  • 01/11/16--14:51: Sem palavras
  • Meu dia foi maravilhoso. Melhor impossível. A decisão de um amigo, hoje, para comigo, teve um condão quase mágico, indescritível. Agradeço a confiança depositada em mim e saberei retribuir cada momento dessa confiança. Sem palavras, meu eterno amigo e kamarada Ruy Gessinger. 


     
     

    0 0

    O Guilherme Bonotto me conta quase tudo de política. É sincero e aberto. Agora, uma coisa que ele faz segredo, esconde o jogo, não abre nem com reza, é seu vice. 

    Estou seriamente imaginando que o jogo é pesado e ele e Bianchini têm sintonia fina. 

    Bianchini poderá continuar deputado, ser vice prefeito, sem renunciar. Nessas alturas, eu não duvido mais de nada. Seria perfeito, um vice prefeito deputado, trabalhando em Porto Alegre, sei lá ... talvez eu tenha errado quando disse que Bianchini seria candidato a prefeito, se bem que ele me falou em executivo. 

    Bianchini, apaixonado que é pela política local, correto, homem íntegro até o último fio de cabelo, deputado exemplar, duvido que se segure ficar fora desse pleito municipal. 

    Nessa madrugada me caiu a ficha, entendi várias mensagens cifradas de ambos. Inclusive, lembrei-me que Bianchini me disse que tinha dificuldades de transitar com o atual executivo. Quem sabe ele não estava me dizendo algo que eu não soube compreender? 

    0 0

    O Procurador-geral do Município Dr. Eduardo Diefembach, me confirmou, Jaguari terá seu carnaval de rua.

    Foi buscada uma solução negociada, uma parceria público-privada e encontrou-se uma solução que não pesará para o município e nem frustrará o pessoal adepto dessa festa popular, onde vão famílias com crianças e idosos. 



    0 0

    EXIGÊNCIAS CORRETAS DO MUNICÍPIO DE JAGUARI PARA COM A EMPRESA VENCEDORA DA LICITAÇÃO PARA O CARNAVAL DE JAGUARI.

    2. ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO E CONDIÇÕES GERAIS PARA SUA EXECUÇÃO
    2.1. Para o ano de 2016 o período de carnaval se estenderá do dia 05 de fevereiro a 08 de fevereiro de 2016,
    2.2. A desmontagem e retirada de toda a estrutura PERMISSIONÁRIA, terá que ocorrer imediatamente após a última noite de folia, devendo ser concluída até a quinta-feira após o evento, às 18 horas.
    2.3. O layout para a distribuição dos materiais, mobiliário e equipamentos nos espaços a serem utilizados, serão de inteira responsabilidade da empresa vencedora e terá a supervisão dos órgãos competentes, tais como brigada militar, Bombeiros, CREA, etc.
    2.4. Todo e qualquer dano causado pela empresa PERMISSIONÁRIA, em decorrência das atividades do carnaval de Jaguari, seja ao Patrimônio Público ou patrimônio da própria empresa, será de única e inteira responsabilidade da PERMISSIONÁRIA , não cabendo nenhum ônus à PMJ.

    2.5. Os serviços e demais instrumentos a serem fornecidos pela PERMISSIONÁRIA estão relacionados, com seus respectivos quantitativos MÍNIMOS, a seguir:

    2.5.1. CAMAROTE E PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO:
    2.5.1.1.  deverá ser disponibilizado montagem e desmontagem de no MÍNIMO 20 (vinte) camarotes medindo no mínimo 10m²  COM PIRAMIDES E LONA.
    2.5.1.2. montagem e desmontagem de Praça de Alimentação COM PIRAMIDES E LONA.
    2.5.1.3. montagem e desmontagem de 01 (um) pirâmides, medindo 3m x 3m, ( Brigada Militar) .
    2.5.1.4.montagem de palanque oficial medindo no mínimo 4 x 4 m COM PIRAMIDES E LONA
    OBS: A montagem e desmontagem, bem como toda a documentação relativa as exigências dos órgãos fiscalizadores são de responsabilidade da Permissionária.

    2.5.2. BANHEIROS QUIMICOS
    2.5.2.1. Trinta (30) unidades de banheiros químicos, incluindo sua manutenção e sucção diária dos dejetos com caminhão exclusivo com operador para o evento, ficando a disposição da comissão organizadora no local durante todo o evento. Deverá ter local de destinação final com licenciamento ambiental de órgão competente.

    OBS: - uma unidade deverá ser com cabine para portadores de necessidades especiais com as seguintes dimensões mínimas: 2,40m de altura, 1,20m de largura e 2,40m de cumprimento,com rampa de acesso e barras de apoio;
    - os banheiros deverão ter caixa de detritos com assento, mictório (nos modelos masculinos), teto translúcido, respiradouros no topo, indicador de ocupação, luminária e suporte para sabonete liquido.
    - os banheiros deverão ser de 1ª linha com medidas de no mínimo 1,20 m de largura x 1,20 m de profundidade com 2,20 m de altura conforme exigência da abnt e com placas de identificação feminino e masculino.

    2.5.3. SEGURANÇA
    2.5.3.1. No mínimo trinta (30) seguranças uniformizados para cada noite nos seguintes horários:
    - Sexta-Feira dia 05/02/2016: a partir das 22h00min às 05h30min;
    - Sábado dia 06/02/2016: a partir das 22h00min às 05h30min;;
    - Domingo dia 07/02/2016: a partir das 22h00min às 05h30min;;
    - Segunda-Feira dia 08/02/2016: a partir das 22h00min às 07h00min que se realizará na Avenida Severiano de Almeida.
    .
    2.5.4. SONORIZAÇÃO
    2.5.4.1. Para a sonorização na Avenida Severiano de Almeida as caixas de som deverão ser distribuídas em 08 grupos, sendo a parte central da pista com maior reforço de som, e com as seguintes especificações mínimas:
    - No mínimo de dezesseis (16) caixas subgrave, equipadas com dois alto-falantes de no mínimo dezoito (18”)polegadas com potência mínima total de 12.800 watts RMS.
    - No mínimo de dezesseis (16) caixas “three-way”, equipadas com dois alto-falantes de no mínimo dez (10”)polegadas, um (01) “driver” e dois (02) “tweeters”, com potência mínima total de 9.800 watts RMS. Totalizando a potência mínima do sistema de 22.400 watts RMS.
    - A empresa deverá oferecer ainda; uma (01) mesa de som de no mínimo doze (12) canais; pelo menos quatro (04) microfones – sendo dois (02) sem fio, dois (02) com fio e ainda três (03) entradas de linha para instrumentos.
    - Horário do Evento: início previsto para às 23:00 horas  e término para às 5:30 horas.

    2.5.5. ATENDIMENTO MÉDICO:
    2.5.5.1. A Permissionária será responsável pela contratação de ambulância e equipe técnica (enfermeiros e motoristas) para atendimento no interior do local do evento, durante todo o período compreendido das festividades.

    2.5.6.  DA LIMPEZA :
    2.5.6.1.  A Permissionária efetuará o pagamento antecipado, até as 12hs do dia 05.02.2016, no valor de R$ 4.000,00 (quatro mil reais) relativos ao custo de limpeza diária realizada pela PMJ, com lavagem da pista.
    3. DAS OBRIGAÇÕES
    3.1. Obrigações da PERMISSIONÁRIA:
    3.1.1. Administrar, executar e fornecer os serviços, materiais e demais itens de divulgação, respondendo por todos eles perante a PMJ;
    3.1.2. Responsabilizar-se por quaisquer ônus, danos e prejuízos decorrentes de qualquer modalidade, omissões ou erro na execução dos serviços e, ainda, por problemas com materiais ou demais itens que redundem em não atendimento às demandas exigidas pela PMJ;
    3.1.3. Responsabilizar-se por todo e qualquer transporte necessário ao deslocamento de pessoas, materiais e demais itens, seja ele próprio ou locado, bem como por qualquer custo relativo à alimentação, hospedagem, direitos trabalhistas e outros do pessoal disponibilizado para a prestação dos serviços;
    3.1.4. Informar toda e qualquer excepcionalidade ocorrida durante a prestação dos serviços e no cumprimento das cláusulas constantes do objeto da contratação respectiva, bem como assistir à PMJ, sempre que solicitada, para que sejam tomadas as providências necessárias;
    3.1.5. Observar e cumprir todas as diretrizes constantes da contratação;
    3.1.6. Disponibilizar técnicos qualificados e experientes para atendimento às demandas pertinentes ao cumprimento da contratação respectiva;
    3.1.7. Garantir que toda a estrutura PERMISSIONÁRIA para o evento esteja efetivamente disponível no prazo previsto no subitem 3.2, devendo ainda, durante todo o período de realização do evento, disponibilizar profissionais técnicos de plantão para manter as condições de bom funcionamento dos materiais, equipamentos e demais itens a serem utilizados;
    3.1.8. Obedecer às normas técnicas existentes para montagem, desmontagem e operação de estruturas e equipamentos;
    3.1.9.Observar as normas de segurança de trabalho vigentes e referentes aos serviços contratados, orientar seus funcionários sobre o uso correto dos equipamentos de proteção individual e coletiva, bem como fornecer os equipamentos necessários e obrigatórios para a realização das atividades;
    3.1.10. Indenizar a PERMITENTE por danos ocorridos a quaisquer dos itens disponibilizados por ela para a prestação dos serviços, por culpa da PERMISSIONÁRIA ou dos seus prestadores de serviço.


    empresa VENCEDORA REFATRAZ INTERPARES SOLUÇOES EM EVENTOS de Santa Maria

    preço diário R$ 4,75, por pessoa...


    =====

     

    0 0


    Greenpeace Brasil
    Sol de Norte a Sul
    Olá Doutor Julio Prates,
    Foram muitas horas de trabalho e mais de um mês na estrada até podermos chegar ao dia de hoje: o lançamento do webdocumentário Sol de Norte a Sul. De Santa Catarina ao Amazonas, percorremos e descobrimos um Brasil que aos poucos encontra a transformação social tendo como fio condutor a energia solar. Placas fotovoltaicas estão chegando em lugares onde a eletricidade era escassa e cara, e mudando a vida de brasileiros. Descubra o poder de mudança do sol:
    Acesse aqui
    O documentárioé uma experiência online e interativa, com vídeos, fotos, textos, infográficos e um mapa colaborativo. Por meio dessas plataformas contamos histórias e mostramos que um futuro de energias 100% renováveis é mais do que um anseio dos ambientalistas: é um aliado para a construção de um Brasil mais justo e igualitário.
    Dos muitos momentos marcantes durante as gravações, um foi a conversa com José Francisco Gama, o seu Zé. Ele mora em um conjunto habitacional popular, em João Pessoa (PB), que hoje conta com placas solares nas casas, diminuindo em média 70% as contas de luz. Sentado em seu sofá, ele disse: “A energia solar é muito boa, mas falta informação e falta incentivo. Com mais incentivos, todo mundo iria querer uma placa solar”. Iria mesmo, seu Zé. E é para tentar mudar essa situação que estamos contando histórias como a sua. 
    Acesse o documentário e viaje com a gente por esse novo Brasil. 
    Barbara Rubim
    Greenpeace Brasil

    0 0

    A semana está começando, eis os acessos da semana.

    Visualizações de página por país

    Gráfico dos países mais populares entre os visualizadores do blog
    Entrada Visualizações de página
    Estados Unidos
     5148
    Brasil
     4508
    Alemanha
     684
    Espanha
     156
    Coreia do Sul
     43
    Portugal
     26
    França
     13
    Índia
     7
    Rússia
     5
    Polônia
     3

    0 0



    Noite passada. Deitei cedo. Recôndito nos meus aposentos secretos, cercado de computadores, impressoras, matrizes eletrostáticas e uma parafernália de telemática e anti-telemática, um rádio-amador precário que estou montando com a ajuda de um eletrotécnico, pego no sono cedo. Antes das 22 horas. Estou em paz com Deus, vivi e curti intensamente o amor de minha filhinha no domingo, em suma, estava tão em paz, tão sossegado, que deitei e dormi quase de imediato.

    De repente, acordo pelo toque do telefone. No escuro, procuro o sinal de atender:

    - Alô, Júlio Prates, quem é?

    No outro lado da linha uma voz conhecida exclama:

    - Puxa, nem reconhece mais minha voz?

    Era minha eterna dádiva divina.

    - Amor, to com desejo de comer batatinhas fritas com guaraná.

    Olho no relógio do celular. Eram 1 hora e 29 minutos. Pensei comigo mesmo: "onde achar batatas fritas essa hora". 

    Por outro lado, dizer não para ela, seria um ato deselegante de minha parte. 

    Exclamando,  digo:

    - Tá bom amor, deixa eu me vestir, vou ver se acho batatas britas essa hora, são quase duas da manhã, alerto.

    Ela agradece:

    - Tá, te espero, a porta está deschaveada, vou te esperar deitada.

    Coloquei meu abrigo, tênis, minha camiseta preta encardida (que ela vive dizendo que fede a mofo) e fui atrás das tais batatas fritas. 

    Como os dois carros que ficam na guarita do QG são idênticos e tem a mesma placa, erro o carro, enfio a chave na porta errada. Noto e erro e vejo que ainda estou sonolento.

    Corrijo o erro, saio pelas lojas de conveniências, até que acho um trailer aberto. Estava salvo, lá tinham batatinhas fritas.

    Ele coloca dois litros de óleo. Sabe que a cliente é exigente. 

    Aquele óleo nada de esquentar e eu impaciente.
    Até que -  finalmente - a luzinha vermelha acende. Era indicativo de que o óleo estava quente, agora, era só colocar as batatas a fritar.

    Ainda demora um pouco, já passam das duas horas. Pego um pratinho emprestado, a latinha de guaraná e sigo meu destino na madrugada. 

    A porta estava realmente aberta. Sigo pé por pé, sem fazer barulho, no longo corredor; pensei em deixar as batatas e o guaraná e voltar. Mas o ambiente estava agradável. Ela não dormia, apenas cuidava meus movimentos,  fingindo dormir, no lusco-fusco do abat-jour, e pronuncia algo num tom de voz tão doce quanto encantador e irresistível:

    - Conseguiu as batatinhas?

    Respondo que sim. Ela senta na cama,
    pede um copo, pede que eu  sirva o guaraná,  come meia dúzia de pedacinhos de batatinhas e diz que não quer mais. 

    Sinto-me o perfeito idiota. Mas - afinal - essa é minha sina. 

    Em tudo dou graças, e agradeço a Deus por uma pessoa que se lembra de mim na madrugada, que me pede batatinhas e guaraná. Sinto-me útil. Sei que só comigo ela tem essa abertura, essa intimidade, esses desejos estranhos.

    Quantas vezes acordo com vontade de comer alguma coisa na madrugada, afinal, ela não está errada, apenas deu vazão a um instinto e confiou seu pedido na pessoa que ela entende ser seu ... até para isso. 

    ( ... )

    Conversamos um pouco, fiz-lhe uma oração e voltei, voltei mais em paz ainda, mais sóbrio, mais sereno e com uma mansidão profunda em minha alma. 

    Chegando, deito em minha cama. O cheirinho de Nina ainda está na manta. Sinto o doce aroma, os perfumes se misturam. Foi-se o tempo que eu precisava de rivotril. Adormeço tal qual um anjo. Durmo o sono mais perfeito de minha vida. Nada como a singeleza do amor.  

    -----


    Post scriptum - Eu sei bem o que o Desembargador Ruy Gessinger está pensando. Mas não é nada disso, essa crônica é mera ficção, dependendo da crença de cada um, pode ser verdade ou mentira. É claro que tudo é uma invenção, olha se alguém iria me ligar as 2 horas da manhã pedindo batatinhas. 

    O cronista, o contista e o romancista vivem de inventar histórias. Algumas são reais, outras, como diz a Nina, são mentirinhas, para divertir o público leitor. Mas vá que tudo seja verdade? Pode ser e pode não ser, eis a questão!!!

    0 0

    Está acontecendo em Santiago uma Pesquisa Eleitoral, desta vez encomendada de uma empresa de Ijuí.

    São diversas residências sendo visitadas. 

    Dizem que existem duas simulações de votos na parte do PP, Tiago e Toninho.

    Eu conversei com Guilherme Bonotto, agora pela manhã, e ele me disse que não foi o autor da encomenda e a Pesquisa deve ser para consumo interno, pois não está registrada no TRE. Resta saber quem foi o autor da encomenda.

    0 0
  • 01/13/16--05:59: Promiscuidade.
  • A promiscuidade público-privada em Santiago atingiu o ápice da impunidade. Odeio lidar com a cegueira dos cegos, com o devido respeito a Saramago.

    0 0
  • 01/14/16--05:47: Da moça das batatas fritas
  • "A propósito: quem é a moça da batata frita? que história inspiradora, gostei...adorei, que show. É a mesma?".

    Advogada Carla Albuquerque 

    ------

    Resposta para a minha adorada amiga Dra. Carla Albuquerque:

    Olha Carla, tu me conheces bem, sabes que eu sou um homem de uma só mulher, é claro que só tenho uma e é a mesma de sempre. A gente apenas renova as artes e os ofícios. 

    Para ler a história da moça das batatas fritas, clique aqui




    0 0

    A Cláudia Prates Chagas publicou em seu face essa foto histórica. Nela aparece Elesbão Mamedes Vargas Chagas, sua esposa Juracy Prates e a própria Cláudia. 

    Elesbão é uma lenda. Neto de Januário Chagas, o maior estancieiro do Rio Grande do Sul, ainda jovem, recebeu uma fortuna. 

    Sem apego ao dinheiro, dedicava-se a comprar aviões, baratinhas conversíveis e uma vida de luxo e ostentação. Namorou Maria Pia Matarazzo, foi casado várias vezes. 

    Ele o Presidente João Goulart disputavam corrida de baratinhas conversíveis de Santiago até São Borja. Eram famosos nos bordeis e cassinos de São Borja e Itaqui. 

    Elesbão era um coração bondoso. Distribuia dinheiro entre os pobres, comprava casas para os necessitados, adorava uma festa, aliás, a vida para ele era uma festa. 

    Foi com ele que vivi em São Borja e Itaqui, e curtimos grandes aventuras na Barragem que separa Uruguaiana de Itaqui...ali pescávamos palometas...é claro, sempre cercado de mulheres, embora eu ainda fosse um adolescente. 

    Tem coisas na minha vida que até hoje eu não entendo. Nós passávamos o dia no fundo da casa do Dr. Lang, o Beto, Lucas, Luciano ... e eu. Elesbão gostava de mentir para os outros que eu era seu filho. E me metia em todas as festas. Passava no colo das prostitutas por conta dele. Que alma maravilhosa. 

    Elesbão é uma figura lendária. Pouco estudada, mas um caso raro. Trocou uma fazenda por dois aviões com o presidente João Goulart. Derrubou dois aviões em suas aventuras com piruetas e vôos rasantes.

    A Santiaguense Cláudia Manoela Prates Chagas, filha da lenda
    Só mudou, um pouco, quando casou-se com a bela Juracy Prates, com quem teve a filha Cláudia Manoela Prates Chagas, hoje, servidora do TJ-RS. 

    Cedo, muito jovem, contraiu um câncer na boca. Deixou-nos precocemente. Visitei-lhe, pela última vez, no Hospital de Clínicas, em Porto Alegre. Ele vivia seus últimos momentos e eu fui acompanhado de uma outra jovenzinha que depois veio a ser deputada federal e candidata a presidente do país, a Luciana. Elesbão, mesmo no berço da morte, ainda foi irônico: cuidado com mulheres com esses cabelos. 

    A Luciana passou, mas vá lá que ele tinha razão. Malditos pendores. Por isso, mudei. 

    0 0



    0 0


    Boa Tarde Sr. Prates

    Segue em anexo o comprovante do pagamento de R$: 60.00 feito na data de hoje  14/01/2016.
    Quero 02 livros " A Arte de Enganar o Povo".

    Segue meu endereço para receber o livro.

    Mayra ....
    Central de Cuiabá
    Praça da República ....
    CAIXA POSTAL...

    cep: 78005-970
    Cuiabá- MT

    Assim que o Sr. Postar me envia o código para rastreamento por favor.

    Obrigada e ótima semana
    Mayra
    =====
     NOTA DO BLOGUEIRO
    Achei interessante dividir com os leitores a curiosidade que cerca a busca pelo meu livro. Recebo pedidos semanais, de diversas partes do pais.
    No caso dessa moça, ele pediu-me um exemplar no ano passado, em novembro. Prometi mandar um livro para ela e nunca mandei. Aí ela mandou um e-mail reclamando. Prometi que mandaria e não mandei, de novo. 
    Ela insistiu, mandou outro e-mail e me disse que faria o depósito. Pedi que não fizesse depósito algum porque eu não estava mais vendendo o livro. Dali uns dias, mandou outro e-mail, dizendo que estava esperando o livro.
    Hoje, ela fez um depósito - na conta de Eliziane Mello - e me colocou nas obrigadas. Ela quer o livro. 
    O interessante nisso tudo, e que me chama a atenção, é a insistência por uma leitura, o que é um exemplo saudável, não só para mim, mas para o país, para a sociedade que lê, para as pessoas que buscam informações. Busquei saber quem era minha leitora no face (é claro que ela lê meu blog) e descubro uma jovem, fico surpreso, pois jovens geralmente não se ligam em assuntos como os que trato em meus livros. De qualquer forma, o exemplo deve ser saudado. 

    0 0


    O “Wikipedia Ranking of World Universities” classificou a Universidade Hebraica de Jerusalém como uma das principais do mundo em termos de influência. O algoritmo “PageRank” elencou a entidade como a 47ª no ranking. Já o “CheiRank Algorithm” colocou a instituição em 15º lugar, enquanto para o “2DRank” ela está em 13º lugar. Os pesquisadores analisaram 24 edições da Wikipedia em idiomas diferentes, contendo cerca de 4 milhões de artigos em Inglês, 1,5 milhões em alemão e cerca de 1 milhão em cada um dos idiomas holandês, francês, italiano, russo e espanhol, além de outras línguas.
    O Reino Unido liderou o ranking com Cambridge e Oxford, seguido por universidades americanas de Harvard, Columbia e Princeton. Fora estes dois países, a Universidade Humboldt de Berlim, na Alemanha, foi a mais alta no ranking, ocupando o 11º lugar, seguida pela Universidade de Uppsala, na Suécia, em 15º lugar. Outras instituições israelenses estão inclusas na lista, como o Technion - Instituto de Tecnologia de Israel (108º), Universidade de Tel Aviv (168º), Instituto Weizmann de Ciências (183º), Universidade Bar-Ilan (201º), Universidade Ben-Gurion no Negev (221º), Universidade de Haifa (211º), Universidade Ariel (321º), e Instituto de Tecnologia Holon (670º).


    0 0

    Meu maior amor do mundo. Nem eu entendo como posso amar tanto uma pessoa como eu amo minha filhinha. É estranha, por ser complexa, essa situação de ser pai. Não sei se todos os pais são assim, agem e pensam como eu. Mas sei que - de minha parte - esse amor é sublime, divino, encantador, mágico, indescritível e potente.

    0 0
  • 01/15/16--13:34: NOTA DO BLOG
  • Retirei a matéria sobre a saúde e volto ao assunto na segunda-feira com mais detalhes. 

    0 0


    Minha filhinha passou o dia comigo. Como sempre, não dormi, saí cedinho. 

    O caminho é complicado. Raras pessoas entendem o amor que sinto por minha filha. Por isso, todos ficam pelo caminho. Eu vou avançando, até que a minha consumação física seja concreta. 

    Duvido que alguém entenda minha filha melhor do que eu. Leio-a, antes de falar, em pensamento. Até uma foto que ela me entrega, com uma pontinha de inverdade, logo descubro e peço a Verdade, "em nome de Deus". Ela está sendo ensinada para mentir, um inferno, porém, comigo, ela acaba revelando tudo. Não da verdade pela verdade, mas pelo amor, porque ela sabe quem eu fui sempre para com ela. 

    Hoje eu perguntei para ela: "por que uma pessoa chora". A resposta veio fulminante: "por tristeza e emoção". E completou "o teu caso é tristeza, pai, de viver longe de mim".

    Ela gosta de parar e ficar horas conversando comigo. Me conta histórias, me pergunta coisas e me faz revelações estupendas. Nina é demais para seus cinco anos.

    Nossas conversas, desde que nos separaram, aconteciam no cemitério abandonado na beira de uma estrada. Não tinha e nunca teve conteúdo místico ou a maldade que fizeram conosco. Nina adorava as cercas de pedras, os túmulos velhos, as lagartixas, lagartixinhas e lagartos que habitavam o cemitério. Ali parava, sentava nos velhos muros, jogava pedras nos lagartos e me fazia contar-lhe histórias fantásticas, de Flauberts a Gabriel Garcia Marques, ela adorava aquela de Erendira, que ao abrir as laranjas, escorriam esmeraldas. 

    Nina sempre soube que eu era um caçador de monstros. Empreendia longas jornadas, era uma época pré-histórica, morávamos em cavernas e tocas, dragões voadores, dinossauros, tudo sempre foi povoado de fantasia. Até que a realidade nos esmagou.

    Depois que mataram o cemitérios, onde a gente curtia a paz e momentos de profundo afeto que une um pai e uma filha, ela inventou, por conta, o covil de pedras preciosas. Paramos nas estradas empoeiradas e ficamos juntando pedrinhas brancas, com tons de preciosidade. Logo após o cemitério, descobrimos velhas taperas. Ela quer morar ali. Senta-se, abraça-me e quer eternizar o momento. 

    Nina sabe das coisas, ela tem sensibilidade, ela nota tudo em mim, ela sabe o que aconteceu comigo, com minha alma, com minha saúde. Ela esforça-se para compensar tudo. Recebo tantos beijos, tantos abraços, tantos beijos melados que só eu sei, aliás, não sei de onde sai tanto afeto.

    A estrada é longa. Tudo vai ficando para trás. Hoje, ficou mais uma, que nunca esteve, a vida é além da carne, a vida é amor, sensibilidade, afeto, carinho, troca de vivências, cuidado um com o outro. Eu vou seguir ... tenho uma longa e empoeirada caminhada pela frente, vou sem sentido, sem planos, tenho uma rota, mas não um rumo, sei ir e voltar como um cego que conhece o caminho e vive perdido na cegueira. 

    Eu não vou levar nada da vida. Aos poucos, fiquei sem nada. Mas louvo a razão de Divaldo Franco, vou levar um conjunto imaterial de valores, mas também vou deixar - nem que seja só para Nina - essa marca tão profunda, tão escondida, tão invisível, mas tão real, que se torna tão concreta, que são as marcas de um amor incondicional, sem trocas, sem compras, sem chantagens, apenas o amor pelo amor. 

    Minha filha sabe que eu a amo. Noto que ela me ama e ninguém conseguiu matar o elo que nos uniu. Ela sabe o que eu fiz, tem consciência, viu e presenciou tudo. Sabe sobre renúncias, sabe sobre o que é Valor. Não valor desse mundo bestializado, onde tudo é mercadoria, até o afeto, o carinho e o amor. 

    Imaterial, quando eu transcender, ficará imaterial da mesma forma, mas materializado nos valores que ela absorveu. Por isso sentou-se comigo nessa manhã, numa velha tapera, ela não quer casas, mansões, apartamentos, carrões, dinheiro, roupas, noto que ela quer é apenas afeto, dar e receber afeto. Nina é a expressão mais perfeita do dom sensitivo divino do amor, da afeição, do carinho e da bondade, em sua pureza mais extensa e impossível de ser descrita na linguagem humana.

    Ela sabe que eu vou voltar a caçar monstros. Já a descrevi sobre as longas jornadas. Ela está preparada para tudo, sabe que numa dessas caçadas eu posso ficar para sempre, engolido pelos monstros. Mas ela também sabe que a vida passa. Ela sabe que reencontro pode ser Eterno. Nos céus, nos infernos, na terra do nunca ou no nada. Apenas no breu.  

    0 0


    Tive a honra de receber em meu escritório a visita do Doutor Lourenço Juarez Biermann, Professor do Curso de Direito da URI e autor desse livro, o qual reputo como sério, bem formulado e muito consistente, certamente fruto de pesquisas e trabalhos exaustivos do autor. 

    É claro, quando falam em judaísmo, islamismo e direito e tecnologia, afinal na era do conhecimento e da telemática, sempre sou provocado. E não foi diferente com o sábio professor, que foi no rim, ao pedir-me apreciação dos textos com páginas marcadas. 

    Farei - sim - as devidas apreciações, embora quase tudo irretocável. Mas, gosto do assunto e gosto de ser chamado ao debate. Aguardem, pois. 

    Um forte abraço ao Professor Juarez, e meus cumprimentos por um trabalho tão sério e tão consistente, que honra todos nós Advogados e a comunidade jurídica nacional interessada no estudo da história do direito. 

    0 0

    Domingo a tarde, sol se pondo, lua surgindo e Nina observando tudo, nos últimos minutinhos que ela tem direito de ficar com o papaizinho dela.



    Procurando pedras preciosas, temos muitas esmeraldas e diamantes...é tudo de mentirinhas, mas sobra riqueza, amor e afeto em nossos corações.

    Graças a grande visão do poder judiciário, podemos ficar 12 horas juntos no domingo. Só que para isso preciso viajar 440 kms e percorrer 80 kms em estradas de chão, pedras e poeiras.

    Selfie com os óculos do papito.

    Nina adora fotografar-me. Ela percebe o conteúdo histórico do vir-a-ser.

    Ao sair de casa, Eliziane deixou todas as coisas da Nina para trás, cadernos de dois anos na Escola da URI, trabalhos, artes, desenhos, seu livros, enfim tudo foi para o lixo. Eu juntei tudo, guardei, e ontem, mostrei tudo para ela, que sorriu feliz, feliz, reencontrou-se com seu passado, com sua identidade, com sua origem, que tentaram e tentam matar. Ela sorriu feliz e disse que eu "era o máximo, obrigado papai". Eu engasguei ao ver a felicidade dela com seus trabalhos, quadros, artes, enfim, tudo o que ela produziu na Escola da URI ao longo de dois anos.


older | 1 | .... | 145 | 146 | (Page 147) | 148 | 149 | .... | 247 | newer