Are you the publisher? Claim or contact us about this channel


Embed this content in your HTML

Search

Report adult content:

click to rate:

Account: (login)

More Channels


Showcase


Channel Catalog


Channel Description:

Telefones: 99901.0414 / 98123.5945E-mail: oab.rs.advogadoprates@gmail.comBarão do Ladário 1836 - Santiago -RS

older | 1 | .... | 152 | 153 | (Page 154) | 155 | 156 | .... | 247 | newer

    0 0

    Diversas pessoas estão reencontrando-se com nosso Escritório. Embora estejamos voltando ao Shopping Ilha Bella Center, sala 42, por onde atuamos durante dois anos, estamos na mesma linha de defesa dos Direitos Trabalhistas e Direitos Constitucionais Fundamentais, e, em menor grau de atuação, direito civil, relacionados a nova lei da guarda compartilhada.


    Também, a partir da próxima semana, já estará conosco a Dra. Fernanda Gindri, que vem somar em nossas lutas e participar de nossas atividades, enquanto se prepara para a prova da OAB, eis que formada recentemente. 
    Estamos, também, nos preparando muito fortemente em Direito Eleitoral, estaremos no Seminário com o Dr. Décio Itiberê e daremos uma boa contribuição nesse segmento, tendo sempre ele como nosso Mestre e orientador. 

    0 0

    27/04/2016 – Quarta–Feira

    19h30min – Abertura oficial

    20h30min – Palestra de Abertura
    Palestrantes: Leonardo Tricot Saldanha – Juiz do TRE e
    Cláudio Pacheco Prates Lamachia – Presidente da OAB Nacional


    21h45min – Coquetel

    28/04/2016 – Quinta–Feira


    8h30min – Palestrante: José João Appel Mattos - Contador
    Tema: Prestação de Contas
    Mediador: Maria Aparecida Cardoso da Silveira – Advogada

    9h30min – Palestrante: Rodrigo López Zilio – Promotor de Justiça e Doutrinador
    Tema: Abuso de Poder
    Mediador: David Medina – Promotor de Justiça e Presidente da FMP – Fundação Escola Superior do Ministério Público

    10h30min – Intervalo

    10h45min – Palestrante: Sandra Cureau – Procuradora da República
    Tema: Financiamento de Campanha
    Mediador: Pedro Reinaldo Feiten - Advogado

    11h45min – Intervalo para almoço

    13h30min – Palestrante: Olivar Coneglian – Membro Fundador do Instituto de Direito Eleitoral – IBRADE, Advogado e Juiz Aposentado
    Tema: Propaganda Eleitoral
    Mediador: Milton Cava – Advogado

    14h30min – Palestrante: Gabriela Rollemberg – Advogada
    Tema: A inelegibilidade por rejeição de contas a partir das alterações promovidas pela Lei da Ficha Limpa
    Mediador: Thiago Rafael Vieira - Advogado

    15h30min – Palestrante: José Eduardo Alckmin – Advogado e Ex-Ministro do TSE
    Tema: Alterações da Legislação Eleitoral
    Mediador: Déco Domingues - Advogado

    16h30min: Intervalo

    16h45min – Palestrante: Fábio Medina Osório - Advogado
    Tema: Ação de Improbidade e seus Efeitos Eleitorais
    Mediadora: Larissa da Silva Martins - Advogada

    17h45min – Palestrante: Cláudio Brito – Jornalista, Advogado e Promotor de Justiça Aposentado
    Tema: A mídia e o Direito Eleitoral
    Mediador: Karim Miskulin - Diretora da Revista Voto

    29/04/2016 – Sexta–Feira

    08h30min – Palestrante: Alexandre Stumph - Especialista em Redes Sociais
    Tema: Redes Sociais
    Mediadores: Jivago Rocha Lemes - Advogado

    09h30min – Palestrante: Gustavo Bohrer Paim – Advogado e Professor Universitário
    Tema: Segurança Jurídica e Direito Eleitoral
    Mediador: Lieverson Perin – Advogado

    10h30min – Intervalo

    10h45min – Palestrante: Marcelo Veiga Beckhausen – Procurador Regional Eleitoral
    Tema: Registros de Candidatura
    Mediador: Caroline Oliveira Rocha - Advogada

    11h45min – Intervalo para almoço

    13h30min – Palestrante: Elis Radman do IPO – Instituto Pesquisa de Opinião
    Tema: Pesquisas Eleitorais
    Mediador: Jean Marques Regina - Advogado

    14h30min – Palestrante: Ricardo Ferreira Breier – Advogado e Presidente da OAB/RS
    Tema: Direito Penal Eleitoral
    Mediador: Arnaldo Guimarães - Advogado

    15h30min – Intervalo

    15h45min –Palestrante: Décio Itiberê Gomes de Oliveira – Advogado
    Tema: Condutas Vedadas
    Mediador: Silomar Garcia Silveira – Presidente da UVERGS – União dos Vereadores do Rio Grande do Sul

    16h45min –Palestrante: Marcos Martinelli - Jornalista Tema: Marketing Eleitoral
    Mediador: José Luis Fuscaldo - Publicitário




    0 0

    Temas e Palestras

    Abertura: Leonardo Tricot Saldanha, juiz do TRE-RS, e Cláudio Pacheco Prates Lamachia, presidente da OAB Nacional

    Palestrantes: Alexandre Stumpf , especialista em Redes Sociais
    Tema: ‘Redes Sociais e as eleições’

    Cláudio Brito, jornalista, advogado e promotor de Justiça aposentado
    Tema: ‘A mídia e o Direito Eleitoral’

    Décio Itiberê Gomes de Oliveira, advogado especialista em Direito Eleitoral
    Tema: ‘Condutas Vedadas’

    Elis Radmann, sócia-diretora do Instituto Pesquisas de Opinião (IPO)
    Tema: ‘Pesquisas Eleitorais’

    Fábio Medina Osório, advogado, para tratar de Ação de Improbidade e seus Efeitos Eleitorais.
    Tema: ‘Ação de Improbidade e seus Efeitos Eleitorais’

    Gabriela Rollemberg, advogada especialista em Direito Eleitoral, radicada em Brasília/DF
    Tema: ‘A inelegibilidade por rejeição de contas a partir das alterações promovidas pela Lei da Ficha Limpa’

    Gustavo Bohrer Paim, advogado especialista em Direito Eleitoral
    Tema: ‘Segurança Jurídica e Direito Eleitoral’

    José Eduardo Alckmin, advogado, ex-Ministro do TSE
    Tema: ‘Alterações da Legislação Eleitoral’

    José João Appel Mattos, contador e ex-presidente do CRC/RS
    Tema: ‘Prestação de Contas’

    Marcelo Veiga Beckhausen, Procurador Regional
    Tema: ‘Registros de Candidatura’

    Marcus Martinelli, jornalista especialista em marketing eleitoral
    Tema: ‘Marketing Eleitoral’

    Olivar Coneglian, professor, juiz aposentado e membro-fundador do Instituto Nacional de Direito Eleitoral (Ibrade)
    Tema: ‘Propaganda Eleitoral’

    Ricardo Ferreira Breier, advogado e presidente da OAB/RS
    Tema: ‘Direito Penal Eleitoral’

    Rodrigo López Zilio, promotor de Justiça no Rio Grande do Sul e professor de Direito Eleitoral na Escola Superior do Ministério Público
    Tema: ‘Abuso de Poder’

    Sandra Cureau,  Subprocuradora-geral da República
    Tema: ‘Financiamento de Campanha’




    0 0

  • 02/01/15--13:44: Guerra à vista 
  •  

  • Está em curso em Santiago, a maior e mais poderosa articulação política de todos os tempos. Com gente de muito peso, dinheiro forte rolando na parada e tudo indica que dois grupos hegemônicos vão se defrontar; um deles, por incrível que pareça, está agindo com  ingenuidade e subestimando o poder de fogo que vem do lado adversário. Não faria essa postagem se não tivesse certeza absoluta do que estou afirmando. Sei quase tudo do que está acontecendo. Detalhe: não tem nada a ver com Bianchini ou mesmo com o PT. 

    Será um enfrentamento de pesos pesados como nunca houve na história recente de Santiago. Até a maçonaria está perdida e sem certeza a quem seguir nesse confronto que se desenha. 

    No início, eu achava que era blefe, factóide. Mas na semana passada, uma pessoa me contou sobre a reunião que teria na casa de uma certa pessoa; Como sou curioso, fui conferir e aí vi mesmo que tudo era verdade. Tinha mais gente que eu imaginava.
     

    0 0
  • 03/04/16--15:02: Muito mais que uma capotagem
  • Todo acidente tem um mistério. Eu viajava tranquilamente com minha filhinha. Ali naquela curva de Nazaré, de repente, em frações de milésimos de segundos, a parte traseira do carro se ergue, o carro capota e segue rolando asfalto afora. Para mim, até hoje é um mistério, pois eu viajava a baixa velocidade, embora soubesse que as forças diabólicas estavam me rondando. Minha filha, estava na cadeirinha, toda atada, nada sofreu, embora tenhamos andado 32 metros de cabeça para baixo, até sair fora do asfalto. Foi do impacto da capotagem que bati minha cabeça no chão. O motor quebrou e vendi o carro para um mecânico, não valia a pena mandar consertar, especialmente pela quebra do motor, que veio para dentro. É claro, como sempre, os anjos do Senhor, protegeram eu e minha filhinha, que nada sofreu. Hoje eu sei até o nome do safado do batuqueiro que fez o trabalho para me matar, quem encomendou e quem pagou. Foi muito mais que uma capotagem, as forças do mal agiram. Continuam agindo, mas hoje estou blindado, blindei minha filhinha e não vai ser fácil me pegarem de novo, exceto se Deus quiser minha presença nos céus, para abrir um jornal e encher o saco da burguesia e de todos os que se acham.


    0 0

    Sua Excelência, a Magistrada Placidina Pires, da 10ª Vara Criminal de Goiânia
    Em relações de afeto entre jovens namorados, o sexo consentido não ofende a dignidade sexual da vítima, mesmo se ela for menor de 14 anos. Com esse entendimento, a juíza Placidina Pires, da 10ª Vara Criminal de Goiânia (GO), absolveu um homem que manteve relações sexuais com uma jovem de 13 anos.

    O réu e a vítima admitiram que mantiveram um relacionamento amoroso, durante um mês, e que só não continuaram o namoro porque a mãe da jovem não permitiu. A adolescente contou também que ele não foi seu primeiro parceiro sexual, pois havia tido a primeira relação em um relacionamento anterior.

    Ao julgar o caso, a juíza destacou que a Lei 12.015/2009, ao tratar do estupro de vulnerável no artigo 217-A do Código Penal, estabeleceu a idade de 14 anos das vítimas como um elemento normativo do tipo penal. Na avaliação dela, no entanto, a norma não se mostrou suficiente para resolver os problemas quanto à evolução da moral sexual da sociedade ou evitar debates nas cortes brasileiras em relação ao estado de vulnerabilidade, se é absoluto ou relativo quanto ao menor de 14 anos.

    “De fato, numa sociedade moderna, com o amadurecimento precoce dos jovens, resultante do maior acesso às informações de massa e ao conhecimento, inclusive de temas relacionados à sexualidade, que não são mais vistos como tabu, não se mostra razoável desconsiderar as particularidades de cada caso concreto, e partir de uma premissa absoluta de que o menor de 14 anos, tão somente em função de sua idade cronológica, não possui capacidade suficiente para consentir com a prática do ato sexual”, afirmou.

    Jurisprudência descartada

    O Superior Tribunal de Justiça já decidiu em sentido contrário, em agosto de 2015. Como o caso foi julgado sob o rito dos recursos repetitivos, a decisão deveria orientar as demais instâncias da Justiça sobre como proceder em casos idênticos. A juíza, no entanto, destacou a necessidade uma nova reflexão, a fim de permitir ao julgador a análise de cada caso concreto, principalmente em casos que envolvam jovens casais de namorados.

    “Não me parece adequada nem constitucional a fundamentação inflexível, baseada na proteção que, em vez de proteger, desprotege e desampara quem merece proteção integral do Estado, permitindo uma interferência desnecessária e desproporcional do Direito Penal nas deliberações tomadas no seio das famílias regularmente constituídas”, afirmou.

    Nesse sentido, ela.  citou a Lei Romeu e Julieta, editada pelos Estados Unidos para resolver litígios envolvendo o sexo consentido entre adolescentes. A norma afasta a presunção de violência quando a diferença de idade entre os protagonistas do ato sexual é igual ou menor que cinco anos por entender que ambos estariam no mesmo momento de descoberta da sexualidade.

    “Na esteira do Direito Comparado, o Direito brasileiro poderia ter adotado orientação semelhante para os casos em que não for constatada a exploração sexual dos adolescentes, ou seja, para as hipóteses em que o ato sexual consentido resultou de relação de afeto”, explicou.

    A juíza absolveu o ex-namorado da adolescente por considerar que o caso não “tratava, evidentemente, de hipótese de pedofilia ou de exploração sexual da adolescente”. Cabe recurso. 

     Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-GO. conjur

    ------



    0 0

    Deputado Miguel Bianchini
    Em entrevista exclusiva ao blog, agora pela amanhã, o Deputado Miguel Bianchini asseverou que eu não tinha a pretensão de concorrer, mas existe uma campanha aberta, estão pisando em cima de um homem honrado e sério como é seu Toninho, os coronéis querem seguir mandando na cidade e isso me indigna. Assim, revi minha posição, estou disposto a concorrer, já tenho um vice muito bom, vai ser uma surpresa e tenho o apoio fechado e declarado de um partido político desses que estão no frentão com o Guilherme. É um partido grande, com lastro, com militância, e com respaldo deles, de setores do PP que estão comigo, mais o meu nome e o meu trabalho pessoal,  creio que vou partir para o abraço.

    0 0

    A revelação do Deputado Bianchini, um homem sério e acima de qualquer suspeita, de que tem um partido da coligação fechando com ele, revela uma trairagem explícita e isso é de uma gravidade política sem precedentes para os padrões de Santiago. Guilherme é um homem de honra, um político sério, atua e vive dentro de um campo ético de elevado nível. Agora, se tem moleques na parada, a credibilidade dos supostos aliados está comprometida. 

    Urge um posicionamento maduro de quem está dentro do campo ético da lealdade, dos homens honrados, para que a depuração aconteça logo. Pior é deixar evoluir esse quadro e os traíras continuarem a fazer jogo duplo, aproveitando-se da honra e da ética de quem faz política com seriedade, como é o caso de Guilherme Bonotto e Nice Vieiro.

    0 0

    Hoje foi meu dia das confusões e por isso vejo-me na contingência de dar algumas explicações pessoais.

    1 - Se um deputado tem preferência por esboçar suas posições em meu blog, isso é uma questão de escolha e de análise dele. Pessoalmente, imagino que seja pela linha política que eu adoto e pelo público leitor do meu blog, que, sabidamente, é diferenciado. Agora, meu blog é democrático, aberto, tanto para políticos, quanto para religiosos, para todos que me procuram e querem, de alguma maneira se expressar. Sempre tive essa linha de ser aberto a todos. Minhas escolhas pessoais, são minhas, isso é outro debate. Isso é uma coisa íntima é como escolher uma mulher, isso ninguém escolhe por mim, embora todo mundo se meta em tudo. Chega a ser triste.

    É só isso. 

    2 - A questão da Dra. Fernanda Gindri, a conheci em 2006, quando eu morava com a Eliziane, ali no condomínio do Professor Chico Gorski. Portanto, somos amigos de anos atrás, ela era uma menina ainda, com 15 anos. Sempre foi minha amiga, uma grande amiga. Agora, depois que ela sofreu aquele acidente automobilístico, por demais conhecido da sociedade local, quase teve sua vida tragada, voltamos a conversar. Derivou-se daí a ideia de trabalharmos juntos. Quanto a Michelli Gindri, irmã de Fernanda, tudo que eu sabia e sei dela era contado pela minha ex-esposa, Eliziane Mello, visto que elas trabalhavam juntas na URI, eram bem amigas, e sei que a Michelli trabalha no setor de projetos da URI; hoje, por acaso, soube que ela trabalha também na prefeitura. Mas são meras fatalidades. Quem  vinha trabalhar comigo era o Dr. Duda Bueno, filho do amigo e companheiro Bueno, do PT, mas o colega por atuar no Direito Tributário preferiu colegas desta área, visto que estou mas centrado no Constitucional, Trabalho e Eleitoral. 

    Eu voltei a conversar com a Fernanda no hospital, numa visita, quando ela ainda estava em convalescência. É isso, só isso. Não tem nada a ver. Meus grandes amigos estão no PP, me dou super-bem com o Ruivo,  com o Tiago, com o Márcio Brasil, com a Dra. Letícia, com o Sérgio Peruffo, com o Felipe, com o Tavinho, o Paulinho Menges ... e espero que essas amizades perdurem pelos anos ou pelo menos enquanto eu viver. Amizades são amizades.

    0 0

    Psicóloga Dra. Camila Cogoy
    A vida tem vieses estranhos. A juíza titular do JIJ de Itaqui solicitou exames psicológicos em mim, na Nina e na Dona Eliziane, mãe da Nina. 

    O poder judiciário, cumprindo ordem deprecada da comarca de Itaqui, passou a buscar uma psicóloga para fazer meu laudo. Acompanhando o processo, na condição de Advogado, fiquei indignado ante a negativa de psicólogas em me atenderem. Vivi momentos angustiantes, afinal não me considero assim tão complexo. Posso ser um pouquinho atravessado, mas nada que não dê para consertar.

    Foi nesse contexto, fruto de mera casualidade, por indicação do poder judiciário, que conheci a Dra. Camila Cogoy, que aceitou o desafio de me ouvir e fazer o tal laudo solicitado pelo poder judiciário. 

    Ainda não li o laudo, desconheço o teor de seu psicodiagnóstico. Eticamente, agora que tudo passou, posso falar e escrever com tranquilidade. 

    Primeiro, porque não a conhecia, nunca sequer tinha ouvido falar em seu nome. Segundo, porque gosto de registrar os fatos positivos que acontecem na minha vida e Camila marcou-me, certamente, para sempre. Foram longas horas de conversas, de interações e de contratransferências.

    Camila é uma dessas raras pessoas altamente sérias e vocacionadas. Apaixonada pela profissão, atua num nível ético impressionante, cultua um profissionalismo que choca positivamente pela seriedade. Ademais, sabe conduzir tudo, nunca perde o fio da meada, ajudar a situar e contextualizar o paciente. Impressionei-me. 

    Um dia, arrasado, chorei tanto ao expor toda a dor que eu sentia e sintetizei a amargura que via e notava em minha filha. Estava decidido a desistir para evitar sofrimentos maiores, tanto em mim, quanto em Nina. Foi aí que Camila, iluminada, sóbria, serena, alcançou-me seu lencinho e falou da importância do pai na vida da filha mulher. Falamos, falamos e falamos. 

    Camila, com seu Dom, com sua vocação, com sua sabedoria, soube dar-me luzes, incrível, não sei como Deus foi tão piedoso para comigo, pois encontrei na atuação dessa profissional da psicologia um conjunto de luzes. 

    Ela fez o laudo. Entregou-o no poder judiciário. Fez seu trabalho. Eu fiz minha parte, como pai e como homem. 

    O curioso é que ela não viu nenhuma complexidade em mim, pelo contrário, viu-me exatamente como eu sou, em minha singeleza, em minha pobreza material, em minhas derrotas, em meus fracassos e minhas dores. Porém, soube contextualizar tudo, soube fazer uma síntese altamente inteligente e se propôs a seguir me ajudando. 

    Camila é dessas figuras humanas dotadas de uma bondade inata, ela se envolve com o drama da gente, participa da nossa dor, interioriza as dores e tenta nos ajudar no encontro de uma saída menos aflitiva e traumática. É uma iluminada.

    É uma grande Psicóloga, aceita os desafios de frente, e o Poder Judiciário, a Juíza Ana Paula Nickel, a Dra. Cecília, podem ter a certeza, ela é a pessoa mais vocacionada, mais talentosa e mais profissional para seguir fazendo esse trabalho de psicologia judiciária em nosso meio. 

    Esse é meu depoimento pessoal. Respeitosa e eticamente. Mas uma atuação de uma profissional desse quilate, precisa ser registrado, é digno de registro, de uma anotação cósmico-espiritual positiva.

    Doce de pessoa, me disse que quer conhecer a Nina, que ao olhar as fotos da Psicóloga, emitiu um juízo bem próprio dela: estilosa papito

    Eu tive que rir, não sei de onde  Nina saca esse vocabulário da Revista Caras. Mas, afinal, é minha filha e amanhã ela passa o dia comigo.  Ela quer andar pelos campos com o papito, fazer pique-nique, andar pelas taperas, fingir que temos uma casa, sonhar que somos uma família e que vivemos juntos. São poucas horas, mas mantêm-se acesa a centelha da esperança e do amor que sempre nos uniu e sempre foi nossa marca desde que ela veio ao mundo. 

    Valeu Camila, você é uma pessoa maravilhosa, encantadora e a Humanidade sente-se melhor com pessoas do seu perfil. 



    0 0



    Minha filhinha, meu amorzinho, minha vidinha....hoje pela manhã, visitando nossa tapera preferida

    Refri na bota ... lembranças dos nossos pertences da nossa ex-casa

    Estreando as poltronas do escritório administativo


    Nina adora fazer a minha barba com o barbeador elétrico... para ela é uma festa

    Com o espaguete a tarde na PTC

    Curtindo a água, o que ela mais gosta

    No guarda-sol todo colorido ... arte e fantasia
    A



    0 0

    Leitura de cartas ciganas custa 100 reais.
    Cartas, búzios e tarot 150 reais
    Tarot da fortuna  300 reais

    Marque hora pelo fone 9728.3700 ou 8418.4258. Tenda dos milagres, Barão do Ladário 433, Santiago.


    0 0

    Parceria: Google e Hospital Israelita Albert Einstein
    Quem pode dizer que nunca recorreu à Internet em busca de uma informação sobre saúde? E quem já não se arrependeu porque acabou mais confuso e mais assustado do que estava? Foi pensando nisso que o Google e o Hospital Israelita Albert Einstein fecharam uma parceria para oferecer informações rápidas e precisas sobre as doenças mais populares… Leia mais.

    0 0



    0 0
  • 03/07/16--05:49: O SOBRINHO DE RAMEAU.
  • “Ab uno disce omnes”


    Maurice Barrés, o ultraconservador do século XX, considerava Diderot e Rousseau “as duas grandes forças da desordem”, segundo ele, “responsáveis por muitos males”.

    Denis Diderot logo compreendeu a determinação das estruturas sobre a ação do indivíduo e escreveu: “ sou como sou, porque foi preciso que me tornasse assim. Se mudarem o todo, também serei mudado, o todo está sempre mudando”. 


    Em sua espetacular obra, “N o sonho de D´ALEMBERT, colocava palavras na boca de um amigo que, sonhando pronunciava: “ todos os seres circundam uns aos outros. Tudo é fluxo perpétuo. O que é um ser? A soma de um certo número de tendências. E a vida? A vida é uma sucessão de ações e reações. Nascer e viver e morrer é  mudar de forma”.

    Já na obra “NO SUPLEMENTO DE À VIAGEM DE BOUGAINVILLE”, o sábio Diderot aconselhava a desconfiar de todas as instituições, civis, políticas, religiosas e foi mais longe “ ou muito me engano ou o gênero humano será subjugado a cada século por um punhado de enganadores”.

    Entretanto, a obra prima de Diderot é mesmo o “O SOBRINHO DE RAMEAU”, sendo que nessa magnífica obra o filósofo relata a conversa com um jovem vigarista; porém, de uma forma genial, coloca na boca do vigarista uma audaz defesa da vigarice, cujo escopo era atingir a moral vigente.

    Séculos se passaram e as previsões desses filósofos são tão atuais como a telemática nos dias de hoje.

    Santiago, por exemplo, viveu uma experiência política totalmente atípica com a eleição de Bianchini. Todas as superestruturas políticas tradicionais foram derrubadas e Bianchini, sozinho, sem partido político, consegue essa façanha inédita de eleger-se deputado, praticamente contra tudo e contra todos. Agora, vem o desafio com Guilherme.

    Em Eneida, de Vergílio, canto 2, verso 65, aparece a frase: “ab uno disc omnes”, que quer dizer: por um se conhece a todos”. Eu conheço Guilherme, conheci Bianchini e conheço Thiago, sou amigo de ambos.

     O momento político é de descrédito total na política e nas instituições. Somos a esperança.


    Rousseau, citado por Barrés, também como força da desordem, também não tinha confiança na razão humana. O problema que Rousseau se defrontava era assegurar as bases de um CONTRATO SOCIAL que permitisse aos homens terem na vida social a liberdade capaz de compensarem o sacrifício da liberdade com que nasceram. Observando a sociedade e suas estruturas e superestruturas, é fácil identificar a ação das estruturas sobre os homens, principalmente a infra-estrutura econômica e a superestrutura jurídica. Rousseau pregou mudanças profundas e  elas deveriam ser feitas por homens organizados e sérios. E mais: previu que elas não seriam pacíficas.

    Séculos se passaram e o país está envolto de uma grande safadeza.

    Torço para que tudo de certo. Para que as instituições funcionem, para que a Polícia Federal, o MP e o Poder Judiciário não se acovardem. Covardes não fazem a história. E que essa luta desses seja um sentido em nossa vida, como foi no coração, na mente e na alma de Diderot e Rousseau.  

    0 0

    Marco Aurélio: a pior ditadura é a do Judiciário

    : Ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello vê com indignação a condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Lava Jato: "A pior ditadura é a ditadura do Judiciário", diz; "Aplaudo o Moro, mas não se avança culturalmente debaixo de vara", acrescenta; ele diz que o país está desprovido de segurança jurídica para a quadra delicada que o país atravessa e lista ainda outras condutas que ‘denotam falta de transparência do poder que deveria dar o exemplo’, como a decisão do seu colega Luiz Edson Fachin de retirar da pauta do plenário a denúncia da Procuradoria Geral da República contra o senador Renan Calheiros (PMDB-AL).


    247 – O ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello vê com indignação a condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Lava Jato: "A pior ditadura é a ditadura do Judiciário", diz. "Aplaudo o Moro, mas não se avança culturalmente debaixo de vara", acrescenta.
    Em entrevista ao Valor, ele diz que o país está desprovido de segurança jurídica para a quadra delicada que o país atravessa e lista ainda outras condutas que ‘denotam falta de transparência do poder que deveria dar o exemplo’, como a decisão do seu colega Luiz Edson Fachin de retirar da pauta do plenário a denúncia da Procuradoria Geral da República contra o senador Renan Calheiros (PMDB-AL): "Não é bom quando se retira um processo que tramita há tanto tempo. Gera uma insegurança enorme".
    Na denúncia, oferecida há três anos, a procuradoria acusa o presidente do Senado de apresentar notas fiscais falsas ao Conselho de Ética para se defender de um processo de cassação de mandato em 2007. Ele foi acusado de usar a empreiteira Mendes Junior a pagar a pensão de uma filha que teve fora do casamento (leia mais).

    Fonte - STF e Site 247

    0 0



    email.jpg

    0 0

    Um dos mais famosos cartomancistas, vidente e ocultista, do País, Mestre José de Oxalá, estará amanhã, as 9 horas, concedendo uma coletiva de Rádio na cidade de Jaguari. 

    Ele me disse que fará revelações bombásticas. 
     

    0 0

    Na pessoa da minha amada filhinha, minha vidinha, meu mundinho, apesar de tudo que fizerem e fazem para nos separar, temos resistido, nosso amor é sublime, transcendental, está acima de tudo, ela é uma criança, do sexo feminino, e escolhi justamente ela para homenagear a todas as mulheres amigas da minha vida, a todas as mulheres que leem meu blog e interagem comigo. A data de hoje é propícia para uma reflexão madura acerca do papel da mulher na sociedade, como esteio da família, como sustentáculo de um lar e criação dos filhos, ao lado do pai. Não adianta, hoje, fazermos um carnaval e elogiar a todas as mulheres indistintamente. Existem mulheres e mulheres. Existem mulheres sérias, honradas, mulheres de caráter reto, bravas, mulheres idôneas, companheiras das boas e más horas, e a essas rendo minha homenagem e meu reconhecimento. Existem mulheres porcas, assim como homens porcos, mas essas e esses a história já reservou a lata de lixo da história e a sociedade sabe bem, no julgo pelos seus juízos morais e instâncias éticas, discernir que é quem. 
    Agradeço a tantas mulheres amigas, companheiras, leais, gente de caráter firme e inabalável que cruzaram a minha vida ... hoje mesmo, Dona Jurema Zuliane, minha estimada amiga, convidou-me para almoçar em sua residência, que mulher mais doce, mais amável, sempre com uma palavra de fé, de esperança de carinho e de afeto. Não tenho palavras para exprimir tanto reconhecimento que tenho por sua pessoa. 

    Na pessoa da Juíza Ana Paula Nickel dos Santos, uma mulher honrada, firme, uma guerreira, uma brava, rendo minha homenagem a todas as integrantes do poder judiciário de nossa cidade. 

    Na pessoa da minha querida Letícia Sagrillo, Procuradora-geral do Município de Santiago, uma mulher que é uma lenda por sua bravura, por seu exemplo da conduta na sociedade, pelo seu padrão ético - acima de tudo - pois seu esposo mora e reside em Alagoas, e ela mantém - acima de tudo - acesa a chama exemplar da moral, de um padrão raro de conduta feminina. Longe dessas louquinhas vislumbradas, sem nenhuma base moral, que a primeira oportunidade que têm, saem traindo seus companheiros, Letícia configura-se num raro exemplo de Mulher que merece nossa homenagem e nosso reconhecimento. Em seu nome, estendo minha homenagem a todas servidoras públicas municipais do poder executivo de Santiago.


    Professora Nice Viero
    Em nome da Professora Nice Viero, viúva do saudoso Miguel Viero, rendo minha homenagem a todas as bravas professoras de nossa cidade. Nice é outra que lembra o perfil de Letícia, resguardadas as particularidades. Viuvou, tratou de criar os filhos, encaminhou-os, não se envolveu em putarias e depravações, sempre manteve uma conduta ética exemplar, é aplaudida e reconhecida pela sociedade pela sua seriedade e seu exemplo de professora, mãe e pai, pois com a morte de seu esposo, assumiu essa dupla condição, com bravura, destemor e fibra. 


    Vivian Dias, minha amiga e irmã cósmica
    Na pessoa da Vereadora Cleusa Canterle, minha particular amiga, e da Dona Terezinha, que concorreu a Vereadora pelo PT, junto comigo, com a Vivian, que foi minha vice, rendo minha homenagem a todas as mulheres políticas, que fazem política com lealdade e que que honram a política. Aqui incluo minha querida Maristela Genro.

    Na pessoa da querida Chica, esposa do meu prezado amigo Ruderson, rendo minha homenagem a todas as mulheres do HCS, lembrando a Dra. SÔNIA, esse anjo de pessoa, sintam-se todas contempladas com o nosso reconhecimento. 


    Agradeço a Karine, que esteve sempre ao meu lado, segurou muitas comigo, grande figura humana, pessoa de um coração bondoso, amável, a ela meu reconhecimento. Uma flor. 

    Minhas irmãs, Alzira e Loreti, duas mulheres de honra, de fibra e de ética. Casaram e vivem até hoje ao lado de seus esposos, criaram os filhos com exemplar carinho, encaminharam-nos na vida e também constituem-se em exemplo de conduta social, meu reconhecimento e meu afeto. 

    A minha mãe é morta, mas - em vida - amou-me, fez-me esse homem essencialmente feminino que eu sou. As mulheres sabem o que eu quero dizer com isso.


    Obrigado Camila, pelas luzes, lágrimas, encontros e reencontros. 

    Na pessoa da minha querida Advogada Carla Albuquerque, minha homenagem a todas colegas advogadas, inclusive a querida Eloí Martins.

    Na pessoa da Pastora Ana Maria Kastro, minha homenagem a todas as mulheres evangélicas, lideranças espirituais e afins. 


    Fernanda Gindri, nossa colega de Escritório
    E, por fim, hoje, pude experimentar o toque feminino no meu escritório, doravante meu e da Fernanda Gindri. Ontem, ela me pediu a chave e disse que iria dar uma arrumada. Hoje, quando o Guilherme deixou-me no Shopping, após o meio-dia, levei um choque ... estava tudo mudado, ela trouxe uma mesinha, térmica, açucareiro, quadros, mudou tudo, com seu toque mágico, até o ambiente estava com um novo aroma. Esse aroma que os lobos sabem sentir, que me perdoem os comuns mortais. Estou nesse mundo, mas não sou desse mundo. É por isso que a mulher é tudo para mim.




    0 0
  • 03/08/16--16:38: BOA NOITE, BOA BOMBA
  • Minha moto anda riscando o chão da área lá de casa, louca para sair na estrada de novo.

    Miguel Bianchini, em entrevista ao blog.

    ------------

    MUDANDO DE ASSUNTO


    É incrível a paixão do PP de Santiago pelo secretariado do PMDB de Santa Maria. Até pesquisas, agora, já já já anuncio o que tenho em mãos. Nem que seja AGUDO demais.

    As  empresas locais e nossos meios de comunicação vão adorar saber dessa babaquice provinciana e medíocre. Desvalorizam o que é nosso e querem seguir nos governando. Por que não se mudam então para Santa Maria?

older | 1 | .... | 152 | 153 | (Page 154) | 155 | 156 | .... | 247 | newer